Novidades

Simers é um dos primeiros sindicatos do país a se adequar à Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais

Consciente sobre a necessidade de proteger informações pessoais de associados e colaboradores, o Sindicato Médico do Rio Grande do Sul (Simers) é um dos primeiros sindicatos do país a implementar a Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais (LGPD), que é a legislação federal de número 13.709/2018.

Como parte do processo de adequação às regras, que começam a prever sanções para empresas que descumprirem a legislação, colaboradores de todos os setores passaram por treinamentos para conhecer a LGPD. O primeiro evento, que ocorreu em abril, foi planejado e conduzido pelo gerente jurídico do Simers, Auro Ruschel, com o apoio da MBS Consulting, empresa de tecnologia da informação especializada em consultoria e treinamentos para empresas.

 O curso foi ministrado pelo consultor de processos, riscos e TI José Eduardo Godoi e pelo condutor técnico e consultor de negócio e processo Alessandro Bocaccio. Divididos em quatro turmas, os colaboradores participaram do treinamento on-line e puderam conhecer o histórico, detalhes e objetivos da LGPD. 

Simers é um dos primeiros sindicatos do país a se adequar à Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais 2

Em agosto, a equipe apresentou detalhamentos da Política de Privacidade adotada pelo Simers, além da apresentação de cada etapa da implementação do projeto, sua finalidade e conceitos utilizados.

Simers é um dos primeiros sindicatos do país a se adequar à Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais 3

Sobre a LGPD 

Sancionada em agosto de 2018, a LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais) estabelece normas para a coleta, tratamento, armazenamento e exclusão de dados pessoais, tanto nos meios on-line quanto off-line. A legislação prevê que o cidadão é titular dos seus dados e estabelece punições para organizações dos setores público e privado que descumprirem as regras.

A ação evidencia o esforço do Simers de seguir atuando de forma transparente, segura e responsável e em conformidade com a legislação vigente. Zelar pelas informações pessoais, respeitando os direitos fundamentais de liberdade, intimidade e privacidade também são compromissos da entidade médica. Outra ação desenvolvida pela entidade médica é o Programa de Integridade Corporativa/Compliance, cujo objetivo é praticar e difundir a cultura da integridade empresarial por meio da criação do Canal de Ouvidoria, Comitê de Integridade e Ética, entre outras atividades.

Deixe o seu comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Agora você está offline

%d blogueiros gostam disto: